Como anonimizar (tarjar) dados no SEI

Os dados pessoais podem ser tarjados na versão editável do documento ou até mesmo em uma versão PDF do respectivo documento. No entanto, o tarjamento deve ser feito de forma que nenhum usuário consiga visualizar ou selecionar os dados anonimizados pelo tarjamento. Depois que realizar o tarjamento e salvar o documento, recomendamos selecionar a área de texto omitida, copiar e colar os dados em alguma área para edição de texto. A omissão não foi realizada adequadamente se os dados anonimizados forem transferidos após a ação de colar.


Ressaltamos que a versão original do documento (com os dados pessoais explícitos) deve estar classificada com nível de acesso restrito.

 

Anonimizar documento nato do SEI

Para anonimizar um documento nato do SEI é necessário duplicar o documento original, apagar ou tarjar os dados pessoais da respectiva cópia do documento, salvá-la e classificar essa cópia com o nível de acesso público no SEI. 

Também é possível anomização dos dados no SEI utilizando uma extensão do navegador denominada "SEI PRO". O SEI PRO este precisa ser instalado no navegador. 

 

Tarjar documento externo ao SEI

Quando você tiver acesso à versão editável do documento (no word ou Google Docs, por exemplo) recomendamos apagar ou tarjar os dados pessoais em uma cópia do respectivo documento e salvar esta cópia como um novo documento. Tarjar os dados ainda na versão editável, em geral, é mais simples do que fazer essa operação em um documento no formato PDF.

Não dispondo da versão editável do documento, recomendamos tarjar os dados pessoais em documentos no formato PDF utilizando o software Foxit, conforme orientações no link a seguir: https://kb.ufla.br/books/manual-de-sistemas-o3k/page/como-anonimizar-dados-em-um-documento-pdf-utilizando-o-software-foxit

 

 

 


Revision #6
Created Mon, Jan 30, 2023 9:02 AM by FERNANDO ELIAS DE OLIVEIRA
Updated Mon, Jan 30, 2023 9:30 AM by FERNANDO ELIAS DE OLIVEIRA